Loading...

It's been a hard days night!

Têm dias em que a noite é foda.


04 junho 2010

O ANJO SEM FUTURO



O ANJO SEM FUTURO


o que fazer quando as palavras faltam?
desenhar? esculpir? correr desesperadamente pelos campos gelados da rua XV?
por que razão amanhecer dia após dia seguir a corrente se ela mesma nos prende os punhos?
afoga-nos, quando o que mais precisamos é de um afago....
de brasa, de pira, de fogo.


o que deixar de herança aos que virão?
dúvidas? dívidas? parcelas inesgotáveis de orgulho ou de resignação?
por que não escafeder-se fugir dos batalhões que trancam os portões dessa nação?
salvar-nos, quando o mais interessante seria o suicídio....
da violência, do medo, da ilusão.


o que nos faz essa falta de perspectivas?
instabilidade? carência? movimentos impensados em prol do desenvolvimento?
por que raios negros não partilhamos o pão igualmente entre os diferentes?
brigamos, quando o amor e a compaixão nos invade os corações....
de dores, de rumores, de inaptidão.


resta-nos a inconsistência, o ar no pulmão, a solidão.
o descontentamento com o que nos poderia alegrar....
porque o muro caiu foi pintado de cinza agora também devemos dobrar os joelhos?
desejos? sonhos? toda a utopia se foi com o fim das lutas?
o que esperar de um futuro de asas amputadas?

Nenhum comentário:

Postar um comentário