Loading...

It's been a hard days night!

Têm dias em que a noite é foda.


25 junho 2008

AUTO-RETRATO

Nos meus vinte e poucos anos fiz-me artista e é para isso que vivo. Porém, ainda não é disso que vivo. Sou o que sou porque não poderia ser outra coisa; todos os pré-requisitos "estavam" lá: a família desestruturada, o alcoolismo, a visão crítica do mundo, o alto poder de estabelecer associações de idéias, um olhar que procura e exige beleza em tudo que existe. Excêntrico, temperamental e semi-esquizofrênico, vivo num mundo de fantasia. Meus maiores defeitos são o ciúme, o egoísmo e a ansiedade. Pelos pontos positivos constam o otimismo, a coragem e a perseverança. Meus sentimentos e emoções acompanham as oscilações de uma balança: ora tímido, ora sociável. Essa inconstância faz de mim um doidivanas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário